quarta-feira, 3 de outubro de 2012

O bebê de 10 meses (1ª semana)

Como seu bebê está crescendo

 Seu filho continua aperfeiçoando seu poder de comunicação. Faz experiências emitindo novos sons e juntando sílabas.

Para incentivá-lo, "converse" com ele, como se estivesse entendendo tudo o que diz. Trata-se de uma troca essencial, porque mostra à criança que a comunicação envolve dois lados e que tudo que ela diz afeta as outras pessoas.
 
Mesmo que seu filho não seja dos mais tagarelas, ele provavelmente consegue mostrar o que quer apontando ou reclamando. Sempre que ele apontar, diga o nome da coisa que ele está pedindo, para incentivá-lo a associar a palavra ao objeto.

Seu bebê fica encantado por objetos pequenos? Pode ser que ele passe um tempão examinando um a um cada brinquedinho que for parar nas mãos dele. É provável que ele já fique de pé, dobre o corpo, agache e até ande (na grande maioria dos casos ainda segurando a mão de alguém).
 

Não se preocupe se ele ainda não estiver nem um pouco interessado em andar. Muitos bebês só vão dar os primeiros passos bem depois do primeiro aniversário.

 Aos 10 meses, o bebê também pode começar a tentar se reafirmar em relação aos irmãos ou coleguinhas da escola, e talvez brinque junto com outras crianças (o que quer dizer que ele brinca ao lado delas, e não com elas, coisa que só acontece mais para a frente).

Seu filho tem um objeto de estimação? Muitos bebês dessa idade já demonstram preferência por uma fraldinha especial, um boneco ou animal de pelúcia (mas cuidado com objetos que possam se soltar ou ser engolidos -- a segurança vem sempre em primeiro lugar).
 

Como fica sua vida

 
Agora que o bebê está ficando mais independente, talvez você sinta um misto de orgulho e preocupação. Por um lado, é bom ver que ele já não depende de você para absolutamente tudo. Mas, por outro, isso pode fazer com que você já não se sinta tão importante quanto nos primeiros meses da vida dele.

Encare esses sentimentos como uma prévia do que está por vir: à medida que a criança cresce, o papel dos pais vai ficando cada vez mais complexo. Num dia o filho precisa deles para tudo; no outro, recusa toda e qualquer ajuda.


Fonte: http://brasil.babycenter.com/stages/2000/

Nenhum comentário:

Postar um comentário