sábado, 18 de agosto de 2012

Devo dar ou não vacina se o meu filho estiver doente?


Seu primeiro instinto pode ser de esperar até que seu filho esteja completamente bem para dar uma vacina. Mas especialistas afirmam que não há problema em vacinar crianças que estejam resfriadas ou com um pouco de dor de ouvido.

Em caso de dúvida, o melhor a fazer é perguntar para o médico. Você pode se informar com seu pediatra ou na própria clínica ou posto de saúde. Se a criança estiver com febre de mais de 38 graus, é provável que o médico peça para esperar.

Mas isso pode variar de vacina para vacina. Algumas têm de cumprir determinado número de dias para funcionar, e aí só o médico vai saber dizer. Não adianta tomar a decisão por conta própria.

Quando a criança tem febre e alguma infecção mais forte, como uma pneumonia, os médicos normalmente adiam um pouco a aplicação da vacina para que ela não corra o risco de sofrer o desconforto dos eventuais efeitos colaterais quando já não está se sentindo bem.


Ou seja, o risco não é de que a vacina não vá "pegar" se a criança está doente.

Em alguns casos raros, o médico pode preferir adiar a aplicação de uma vacina que contenha vírus atenuado (como a tríplice viral ou a contra a catapora). Um deles é se a criança vinha tomando corticoides por mais de duas semanas.

Outro é quando o sistema imunológico está comprometido por alguma doença específica ou por terapia com medicamentos imunossupressores. Crianças que por algum motivo receberam transfusões sanguíneas ou gamaglobulina endovenosa também devem ter sua vacinação adiada.


Fonte: http://brasil.babycenter.com/baby/vacina/doente/

Nenhum comentário:

Postar um comentário