quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Como criar bons hábitos para dormir: 6 a 9 meses



Sono típico desta idade 

Os bebês desta faixa etária precisam de cerca de 14 horas de sono por dia e já conseguem dormir até sete horas por vez. Caso seu filho durma mais que isso, ele provavelmente chega a acordar, mas acaba pegando no sono de novo sozinho -- um sinal de que está no bom caminho para dormir bem. Os bebês ainda tiram sonecas de uma hora e meia ou duas horas algumas vezes por dia, geralmente de manhã e à tarde. Procure manter horários regulares para essas sonecas, assim como para a hora de dormir à noite. 


Como ajudar seu filho a dormir 

Veja a seguir algumas dicas para auxiliar seu filho a dormir bem durante a noite: 


Estabeleça e siga com rigor uma rotina para a hora de dormir. 
Você provavelmente até já tem algum tipo de ritual para a hora de dormir, porém, nesta idade, seu filho começa de fato a participar dele. 
A rotina pode incluir um banho, uma brincadeira mais tranquila, a leitura de uma história ou uma canção de ninar, mas o importante é que você siga a mesma ordem e horário todos os dias. Seu filho vai gostar da repetição da rotina, que, além de tudo, sinalizará para ele que a hora de dormir está chegando. Tente acostumá-lo a ouvir uma história só, ou um número predeterminado, para que você não acabe tendo que passar duas horas no quarto com ele! 



Mantenha uma rotina no dia-a-dia que inclua horários de soneca e de dormir à noite. 
Horários regulares ajudam tanto o bebê quanto você -- o que não quer dizer que ele tem que almoçar pontualmente às 11h30, mas sim que o horário do almoço tem que ser, mais ou menos, previsível todos os dias. Se tirar uma soneca, almoçar, brincar e se preparar para dormir sempre no mesmo horário, a criança tem maiores chances de adormecer à noite com facilidade. 


Deixe seu filho adormecer sozinho. 
Se você deseja que o bebê durma a noite inteira sem chamar ninguém, ele precisa aprender a adormecer por conta própria. Coloque-o no berço antes que esteja dormindo de fato, e tente não deixar que dependa de colo ou de uma mamada para dormir. Se ele chorar, a escolha é sua: a maioria dos especialistas aconselha a esperar pelo menos alguns minutos para ter certeza de que a criança realmente precisa de você. 


Possíveis dificuldades 

Bebês que nunca tiveram problemas para dormir podem, de repente, começar a acordar no meio da noite ou a ter dificuldade para pegar no sono nesta idade. Por que isso ocorre? As dificuldades envolvendo a hora de dormir costumam aparecer junto com a chamada ansiedade da separação -- a criança acorda, sente sua falta e se preocupa que você talvez não volte mais. 


Elas também podem estar ligadas a importantes marcos de desenvolvimento cognitivo e motor do bebê. Nesta fase, seu filho está aprendendo a sentar, virar de um lado para o outro, engatinhar e, possivelmente, até se apoiar nas grades do berço para ficar de pé. Assim, não é de surpreender que ele não queira parar de treinar as novidades mesmo na hora de dormir, e que até acorde para tentar sentar de novo. 


O que pode acontecer é que a criança sente e depois não consiga voltar à posição inicial, o que a fará chorar por ajuda. Você tem que ensiná-la a deitar de novo, se acalmar e dormir. A maior parte dos especialistas aceita que a mãe volte ao quarto para verificar se está tudo bem, mas o que fazer depois varia muito. 


Observação: Esta fase de desenvolvimento não equivale a um estirão de crescimento, por isso mamadas no meio da noite não ajudarão a melhorar o sono do seu filho; elas, pelo contrário, podem prolongar e até agravar o problema. Por mais que pareça que ele está com fome, comer no meio da noite é mais um hábito que uma necessidade. O bebê pode ter gases ou precisar fazer cocô, por exemplo, o que atrapalha o sono. Converse com seu pediatra para receber mais orientações para o caso do seu filho. 


Dica de um especialista em sono: "Se você costuma pôr seu filho para dormir por volta das 20h30 e, de repente, ele começa a acordar no meio da noite, tente adiantar o horário do sono em meia hora. Por incrível que pareça, funciona." 


Algumas estratégias em relação a problemas para dormir 

O que fazer quando seu filho não pára de acordar durante a noite (e você sabe que ele já tem idade para dormir a noite toda)? O primeiro passo é ensiná-lo a ficar bem sozinho -- seja chupando o dedo ou segurando uma fraldinha ou um bichinho. Nesta etapa, a criança tem condições de se acalmar por conta própria, embora você por vezes tenha que ajudá-la a desenvolver técnicas para isso. A maioria dos especialistas concorda que se deve evitar a dependência de certas condições externas à criança para dormir, como música, luz ou comida. Caso contrário, esses elementos se tornarão essenciais todas as vezes que o bebê acordar à noite. 


E se você põe o bebê acordado no berço e ele começa a chorar? Há várias técnicas para fazê-lo dormir. Uma linha defende que um dos pais fale com a criança, dizendo que está tudo bem e que é hora de dormir, e saia do quarto, mesmo que ela continue chorando. Depois de alguns minutos, volta-se ao quarto para tranquilizar o bebê, mas de novo sem pegá-lo no colo. Os intervalos vão aumentando gradativamente, até que a criança finalmente durma. É o chamado método do deixar chorar. O outro extremo propõe que um dos pais fique com o bebê até ele dormir, transmitindo-lhe toda a segurança de que precisa. Há várias gradações entre essas duas estratégias. O mais importante é manter a regularidade e agir todo dia do mesmo jeito, para que a criança saiba o que esperar. 

A verdade é que não há um jeito "certo" de fazer seu filho dormir a noite toda. Você tem que escolher um método que se ajuste à maneira de ser de sua família e seja confortável para o seu coração de mãe. Nem todo mundo aguenta ouvir o filho chorar; por outro lado, os hábitos de sono da criança podem estar desestabilizando a família inteira. Os métodos costumam funcionar, depois de algum tempo, mas cada bebê é diferente. Além disso, o "treinamento" não é definitivo: uma mudança de rotina por viagem ou doença, por exemplo, pode levar a situação à estaca zero, e o treino tem de recomeçar.

Fonte:http://brasil.babycenter.com/baby/sono/habitos-6-9-meses/

Nenhum comentário:

Postar um comentário